Black Friday Brasil: Como preparar minha loja para a Black Friday


0 Flares

0 Flares


×

Olá, tudo bem? Se você chegou até aqui é bem provável que você tenha uma loja e deseja participar de um dos maiores eventos do varejo que é a Black Friday Brasil.

No post de hoje eu vou falar sobre uma das maiores dúvidas de todos os nossos clientes que é: Como preparar minha loja para a Black Friday porém, antes de começar, vou explicar resumidamente o que é a Black Friday, como ela surgiu e como chegou até o Brasil.

Vamos lá!

O que é Black Friday?

Black Friday é uma expressão em inglês que significa Sexta-feira Negra. É a sexta-feira depois do dia de Ação de Graças ou Thanksgiving em inglês.

Este termo teve origem nos Estados Unidos e é um dia muito especial pois as lojas fazem grandes descontos, e por isso muitas pessoas compram presentes para o Natal.

Quando é a Black Friday?

O dia que ocorre a Black Friday é na última Sexta-feira do mês de Novembro. Geralmente as lojas iniciam seus descontos especiais ás 00h00 da quinta-feira e seguem até ás 00h00 da sexta-feira. São 24h de produtos com ofertas.

Black Friday no Brasil

O primeiro Black Friday do Brasil aconteceu no dia 28 de novembro de 2010 e foi totalmente online. A data reuniu mais de 50 lojas do varejo nacional.

Em 2013, a Black Friday no Brasil bateu seu recorde, lucrando R$770 milhões em comércio online. Os produtos mais almejados são televisores e smartphones. A média de desconto para aparelhos celulares foi de 16% e para televisores chegou a 19%.

Em 2016, mesmo em meio a crise, mais uma vez o e-commerce reagiu durante a Black Friday e apresentou um crescimento de 17% no faturamento em relação ao ano anterior. De acordo com informações da eBit, a venda foi de R$ 1,9 bilhão, um resultado abaixo do esperado pelo instituto, que estimou R$ 2,1 bilhões para este ano.

Maquiagem de preços na Black Friday

Uma das maiores reclamações dos consumidores é a maquiagem de preços, tática utilizada pelos e-commerces pra vender mais sem ter que necessariamente diminuir os valores. Funciona da seguinte forma: O lojista sobe arbitrariamente o preço do produto dias ou uma semana antes do Black Friday. Dessa forma, no dia da Black Friday, ele pode dar um desconto muito grande no produto e o consumidor acreditará estar levando vantagem.

Sugerimos que você acompanhe os preços dos produtos que deseja comprar e só finalize sua compra em lojas confiáveis e que tenham respaldo e avaliações e recomendações na sua grande maioria, positivas.

Evolução ano a ano da Black Friday no Brasil

Entre a meia noite e 23h59 do dia 25 de novembro, foram feitos 2,23 milhões de pedidos nos e-commerces do país, uma alta de 5% em relação ao volume do ano passado. Segundo a eBit, 281.264 pessoas compraram pela primeira vez pela internet durante esta Black Friday 2016.

O tíquete médio dos pedidos foi de R$ 653, 13% maior do que o registrado em 2015. De acordo com o instituto, isto ocorreu devido à maior participação de produtos de alto valor, como os eletrodomésticos e eletrônicos.

Expectativa Black Friday Brasil 2017

O volume de vendas esperado para a Black Friday de 2017 nos e-commerces é de R$ 2,2 bilhões de reais, que significa um crescimento de 15% a 20% em relação ao ano de 2016.

Para você ter uma ideia, este número representa 15x o faturamento de e-commerces em apenas 1 dia. A relevância desta data é incrivelmente grande e muito importante para o seu negócio.

Assista este vídeo do Google Adwords que explica com mais detalhes o que podemos esperar para esta Black Friday.

Como preparar minha loja para a Black Friday?

Bom, agora que você já entendeu sobre a Black Friday vamos para a preparação de sua loja para esta data tão importante no varejo brasileiro.

1. Estruture sua campanha

Com foco nos seus objetivos, projete início, meio e fim da sua estratégia. Avalie em quais canais sua campanha deve aparecer, por exemplo. Afinal, de nada adianta oferecer bons produtos ou serviços se o seu público não ficar sabendo disso.

Para a analista de sales marketing Danielle Andrade, da plataforma ANYMARKET, que integra marketplaces e ecommerces, o primeiro passo é olhar para o mercado e entender o que ele está querendo. Após a Black Friday de 2016, a empresa em que trabalha fez uma pesquisa com a base de Leads para compreender quais as principais dúvidas e se eles já estão se preparando para a próxima.

“Na pesquisa, muitos lojistas mostraram satisfação com a Black Friday de 2016 e confirmaram que, com a análise dos resultados, estão corrigindo erros e buscando alcançar os mesmos resultados e até mesmo dobrá-los”, conta. Ela acredita que “arrumar a casa” é um passo fundamental para que toda a estratégia funcione.

De acordo com Danielle, analisar o que deu certo e o que deu errado nas estratégias usadas em Black Fridays anteriores também pode ajudar na tomada de decisão do que fazer no ano vigente.

2. Foque na infraestrutura

Uma das características da Black Friday é o senso de urgência. Como as promoções duram pouco, espera-se que o seu site tenha um alto número de visitas em um curto período de tempo.

Por isso, é fundamental que a plataforma utilizada suporte todo o tráfego. Se em datas de menos fluxo você já teve problemas com isso, não perca mais tempo: melhore sua estrutura ou busque novas soluções para garantir o bom funcionamento do site.

Para a coordenadora de Marketing Digital, Meggy Oliveira, do canal de televisão por assinatura FishTV, algo que pode ser feito com antecedência para garantir um bom desempenho do site é testar a loja virtual de todas as formas, em aparelhos diversos, além de ter um plano B para não ficar na mão diante de uma emergência.

“Podem acontecer diversos tipos de erros e manter uma equipe de suporte durante todo o período da Black Friday também evita reclamações e avaliações negativas, já que, em caso de dúvidas, o atendimento por chat, telefone e email estará disponível”, conta.

3. Evite desde já as más práticas

Quando a Black Friday chegou ao Brasil, as más práticas de algumas empresas causaram revolta nos consumidores. Isso porque algumas lojas aumentavam o preço nas semanas anteriores à data para depois diminuí-los, dando uma falsa impressão de desconto, fazendo que os clientes pagassem “a metade do dobro”.

Por conta disso, surgiram ferramentas como o selo Black Friday Legal e o site de preparação para a Black Friday do Buscapé, que permite ao consumidor monitorar os preços nos últimos meses e identificar o decréscimo real no valor do produto.

4-Faça promoções reais

Para evitar as más práticas, pense em criar promoções reais, que você possa cumprir. Oferecer descontos não planejados pode deixar você no prejuízo; já promoções enganadoras acabarão com a credibilidade da sua marca.

5-Faça propaganda das promoções

Depois de cuidar dos bastidores da sua loja para a Black Friday, chegou o momento de cuidar da divulgação da sua loja e das suas promoções para essa data.

Por meio de email marketing, Google Adwords, redes sociais e banners no site da loja, é possível fazer uma boa campanha de marketing para atrair os consumidores exibindo excelentes preços.

Quanto antes começar a divulgação da sua loja, melhor. Mas é importante aumentar a frequência das notificações conforme a data estiver se aproximando. Na semana da esperada sexta-feira, fique ainda mais próximo dos clientes para que eles não esqueçam da sua loja. Lembre-se também que assim como você, centenas de milhares de outras lojas estarão utilizando a data para alavancar as suas vendas.

Os anúncios com algumas promoções específicas podem ajudar os clientes a fazerem o seu próprio planejamento para poderem comprar o que desejam quando chegar a hora.

6-Decore sua loja para a Black Friday

Que tal deixar toda sua loja em clima de black friday? Ou talvez um espaço especifico com os produtos que realmente estão com descontos?

Essa sinalização no interior da sua loja vai orientar os seus clientes diretamente para os produtos que estão na promoção. Mas como fazer essa sinalização em minha loja? Bom, vamos as nossas dicas! 😉

• Precificadores

Sinalize seus produtos com precificadores especiais para a Black Friday, coloque o famoso “DE: R$ XX,xx POR: R$ X”, isso vai colaborar com a decisão de compra dos seus clientes. Ficará mais claro quais são os preços reais e com o desconto da Black Friday.

• Adesivo de Vitrine / Banners no E-commerce

Como já falamos acima, sua vitrine tem o grande poder de chamar a atenção de quem passa em frente sua loja! Por isso, um adesivo ou banner com o tema da Black Friday na sua vitrine vai deixar ela linda e também vai ajudar a trazer mais clientes para sua loja!

• Balões

Balões são sempre um grande atrativo de clientes, eles simbolizam promoções, ações e vendas especiais!

7-IMPORTANTE: Prepare sua equipe de atendimento

Na Black Friday é comum o número de pedidos de atendimento aumentarem e se sua loja não estiver preparar para atender o seus clientes com dúvidas, sugestões e até reclamações, você pode parar no site do Procon ou no Reclame Aqui, um site onde os consumidores postam suas insatisfações com as lojas e negócios virtuais.

O seu atendimento pode determinar o sucesso da sua loja tanto na Black Friday, quando em todos os outros dias do ano. Então prepare sua equipe para proporcionar sempre o melhor atendimento para os seus clientes, isso inclui a transparência nas informações.

8-Lembre-se do pós-venda

Alerto aqui sobre o quanto é importante cuidar do pós-venda e como ele é essencial para fidelizar seus clientes. E na Black Friday não é diferente.

A experiência de compra não termina quando o produto é entregue ao cliente, ela vai além. Ainda mais nessa data que o consumidor aguarda para conseguir um produto muito desejado por um preço abaixo da média. Então, caso haja algum problema com a entrega ou com o produto, isso deve ser resolvido com presteza para garantir a boa experiência do cliente e que ele volte a comprar outras vezes.

Eventuais situações como demora na entrega, produto com defeito ou insatisfação do consumidor podem acontecer, afinal não se pode controlar tudo, mas você lojista precisa estar disposto a resolver a frustração do seu cliente. E resolver com agilidade e transparência.

Vale lembrar que essa é provavelmente uma das datas do ano que muitos clientes novos vão chegar pela primeira vez no seu comércio eletrônico ou loja física, então a primeira impressão precisa oferecer uma excelente experiência, não é mesmo?

E se sobrar estoque, o que devo fazer?

Não se preocupe! Para aproveitar o embalo de vendas após a Black Friday, você pode participar da Cyber Monday ou até estender para uma Black Week. São eventos que prolongam a Black Friday para que você aproveite e venda o que ainda está em estoque.

Além disso, começam as compras de Natal e sua loja pode montar um espaço de produtos com descontos para direcionar os clientes que estão querendo economizar nas compras de presentes.

Precisa de ajuda para fazer uma Black Friday de sucesso?

Toda a oportunidade de lucro é importante para a sua loja, seja ela física ou onlin, sempre é hora de tentar aumentar as vendas e, com um bom planejamento e auxílio de uma equipe profissional, o lucro é certo.

Se você gostou do que foi compartilhado e deseja participar da Black Friday, entre em contato conosco agora mesmo! Nós podemos te ajudar a fazer a melhor Black Friday de sua loja através da estratégia correta e realista para o seu negócio.

Preencha este formulário que nós entraremos em contato. Até breve e boas vendas! 😉







Black Friday Brasil: Como preparar minha loja para a Black Friday

5 (100%) 20 votes

The following two tabs change content below.

Thiago Gomes

Fundador at Soluções Marketing Digital

Especialista em marketing digital pela Faculdade Impacta de São Paulo-SP. Fundador da Soluções Marketing Digital, Consultor de Marketing, Professor de Capacitações e Oficinas Práticas de Marketing Digital em parceria com a ACIM, SEBRAE e DBO Marketing com 12 anos de experiência em design, publicidade e ferramentas para internet.

Comente este post

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
%d blogueiros gostam disto: